Logomarca - Tax Contabilidade

Faça aqui uma busca em nosso Site:

Análise de Balanços: Índice de Liquidez Corrente (ILC)

1) Pergunta:

O que vêm a ser Índice de Índice de Liquidez Corrente (ILC) e qual sua fórmula de cálculo?

2) Resposta:

Antes de adentrarmos no cerne da questão, convêm destacar que a análise da liquidez ou da capacidade de solvência de uma empresa é realizada através do cálculo e interpretação dos índices de liquidez. Resumidamente, é através desses índices que podemos medir a capacidade que uma empresa têm para cumprir com o pagamento de suas dívidas (compromissos) correntes perante terceiros. Os índices de liquidez são de especial interesse para bancos, fornecedores e credores no curto prazo da empresa.

Os índices de liquidez normalmente empregados são:

  1. Índice de Liquidez Corrente (ILC);
  2. Índice de Liquidez Seca (ILS); e
  3. Índice de Liquidez Imediata (ILI).

Todos eles relacionam bens e direitos com obrigações da empresa, por intermédio de uma simples operação de divisão. Embora não seja a melhor definição, costuma-se dizer que os índices de liquidez medem "o quanto a empresa tem para cada unidade monetária que ela deve", assim, podemos concluir que "quanto maior o índice, melhor".

O ponto chave para todos eles ocorre quando o resultado da divisão é igual a 1 (um), indicando que a empresa "possui" uma unidade monetária para cada outra devida. Esse ponto não pode ser considerado como o ponto de equilíbrio. Para defini-lo, devemos primeiramente observar outros fatores como os ciclos financeiro e operacional da empresa.

Dentre os 3 (três) índices de liquidez citados, analisaremos agora o ILC, cuja equação é a seguinte:

	ILG = Ativo Circulante (AC) / Passivo Circulante (PC)

Esse índice reflete a capacidade de pagamento da empresa no curto prazo. Em outras palavras, ele indica a proteção oferecida aos credores de curto prazo pelos ativos que, como esperado, serão convertidos a caixa no período subsequente.

Como dito acima, esse índice encontra-se estável em uma patamar superior a 1 (um), o que é, em princípio, saudável, pois o valor ILC = 1 indica que para $ 1 de dívidas há $ 1 de recursos. Entretanto, o índice não mede a sincronização entre pagamentos e recebimentos, nem a liquidez dos estoques e das contas a receber. Por outro lado, os estoques são realizados a preços de mercados, e esses são mais elevados que os preços contábeis, ampliando a segurança desse indicador.

Ao interpretar o ILC, há que se verificar se algum dado está distorcido por variações sazonais, tais como:

  1. crescimento exagerado das contas a receber, principalmente quando ocasionado por aumento de inadimplência;
  2. estoques invendáveis, devido a falhas em linhas de produção ou obsolescência;
  3. entre outras possibilidades.

Ocorrendo alguma dessas hipóteses, referido valor deverá ser expurgado do cálculo do índice para não afetar seu resultado.

Base Legal: Internet (Checado pela Tax Contabilidade em 09/05/17).
Informações Adicionais:

Este material foi escrito no dia 07/09/2014 pela Equipe Técnica da Tax Contabilidade e está atualizado até a legislação vigente em 09/05/2017 (data da sua última atualização), sujeitando-se, portanto, às mudanças em decorrência das alterações legais.

Não é permitido a utilização dos materiais publicados pela Tax Contabilidade para fins comerciais, pois os mesmos estão protegidos por direitos autorais. Também não é permitido copiar os artigos, materias e arquivos do Portal Tax Contabilidade para outro site, sistema ou banco de dados para fins de divulgação em sites, revistas, jornais, etc de terceiros sem a autorização escrita dos proprietários do Portal Tax Contabilidade.

A utilização para fins exclusivamente educacionais é permitida desde que indicada a fonte:

"Tax Contabilidade. Análise de Balanços: Índice de Liquidez Corrente (ILC) (Area: Contabilidade Geral). Disponível em: http://www.tax-contabilidade.com.br/pergResps/pergRespsIndex.php?idPergResp=980. - Acesso em: 25/05/2017."

Voltar Home Page Fale Conosco